top of page
  • Foto do escritorFADESP Brasil

Escritor Cesar Romão recebe o Título da ACLASP



Cesar Romão renomado palestrante e escritor é homenageado pela ACADEMIA DE CIÊNCIAS LETRAS E ARTES DE SÃO PAULO através de Consagração Literária como Membro Vitalício e o Título de ACADÊMICO IMORTAL empossado na Cadeira XXXVI patroneada pelo escritor e poeta Mário de Andrade, em cerimônia realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Sua carreira como Palestrante, atualmente com reconhecimento internacional, iniciou em 1991, justamente em função de seu primeiro Best Seller, A Semente de Deus, com temas voltados a Comportamento; Liderança; Motivação e Conceitos de Vida e têm encantado plateias de maneira especial. Sua maneira de escrever é simples, mas possui uma essência única nos assuntos que aborda levando os leitores a profundas e transformadoras reflexões. Recentemente lançou um novo livro: Ensinamentos Bíblicos para o Sucesso, uma obra com uma visão contemporânea da Bíblia e que auxilia o leitor a compreender de forma moderna as lições milenares nela contidas.

Detentor de uma ampla formação acadêmica, defende ideias exponenciais, às vezes até a frente de nosso tempo, as quais são bem vindas ao mundo corporativo. Jornalista, Presidente do Conselho de Presidentes da Associação Paulista de Imprensa, tem seus artigos reproduzidos em diversos veículos de comunicação do Brasil. Constantemente requisitado em programas de emissoras de TV, leva sua visão sobre os temas que são de sua atividade. Radialista há mais de vinte anos com o programa A Razão da Vida, pela Rádio Vibe Mundial 95.7FM. Atualmente lançou um novo projeto intitulado Minuto Cesar Romão, veiculado pela TVCOMBrasil, com mensagens otimizadas de um minuto, um material que também conquistou as mídias sociais pelo seu dinamismo e poder de influência. Para o homenageado, “esta é uma honraria muito especial, pois toda vez que a literatura recebe um reconhecimento ela ganha mais força para atravessar o tempo e ajudar a formar pessoas e cidadãos melhores, além de ser um Landmark para nosso país no campo cultural. A Literatura é a mão que embala o berço e escreve o destino de uma nação, é uma herança vitalícia, uma guardiã da história da humanidade em suas diversas fases de existência”. Todos os livros do autor, assim como o lançamento, podem ser encontrados em sites de livrarias como a Amazon entre outras. Ler Cesar Romão é viajar no que há de melhor pelos caminhos da esperança, do amor, da fé e da existência com uma simplicidade ímpar. Um reconhecimento como este mostra que ainda existem entidades livres e éticas como a ACLASP preocupadas em manter os desígnios das Ciências, Letras e Artes. Sobre o Patrono Mário Raul de Morais Andrade nasceu na cidade de São Paulo, no dia 09 de outubro de 1893. Em 1917, estudou piano no “Conservatório Dramático e Musical de São Paulo”, ano da morte de seu pai, o Dr. Carlos Augusto de Andrade. Nesse mesmo ano, com apenas 24 anos, publica seu primeiro livro intitulado “Há uma Gota de Sangue em cada Poema”. Mais tarde, em 1922, publica a obra de poesias “Paulicéia Desvairada” e torna-se Catedrático de História da Música, no “Conservatório Dramático e Musical de São Paulo”. Nesse mesmo ano, auxiliou na organização da Semana de Arte Moderna trabalhando ao lado de diversos artistas. Com Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e Menotti del Picchia, formaram o grupo modernista que ficou conhecido como o “Grupo dos Cinco”.

Dedicado à seu grande prazer, a literatura, em 1927, publica a obra “Clã do Jabuti”, pautada nas tradições populares. Nesse mesmo ano, publica o romance intitulado “Amar, Verbo Intransitivo”, onde critica a hipocrisia sexual da burguesia paulistana. Mário de andrade foi um estudioso do folclore, da etnografia e da cultura brasileira. Portanto, em 1928, publica o romance (rapsódia) “Macunaíma”, uma das grandes obras-primas da literatura brasileira. Durante 4 anos, (1934 a 1938) trabalhou na função de diretor do “Departamento de Cultura do Município de São Paulo”. Em 1938, muda-se para o Rio de Janeiro. Foi nomeado catedrático de Filosofia e História da Arte e ainda, Diretor do Instituto de Artes da Universidade do Distrito Federal. Retorna à sua cidade natal, em 1940, onde começa a trabalhar no Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN). No dia 25 de fevereiro de 1945, aos 51 anos de idade, Mário de Andrade falece em São Paulo, vítima de um ataque cardíaco. Mário de Andrade deixou uma vasta obra desde romances, poemas, críticas, contos, crônicas, ensaios. A Biblioteca Mário de Andrade (BMA) foi fundada em 1925 e na época foi chamada de “Biblioteca Municipal de São Paulo”. A casa onde viveu o escritor entre os anos de 1921 e 1945 em São Paulo na Barra Funda foi tombada em 1975. Pertencente à Secretaria de Estado da Cultura, o local é utilizado para a realização de atividades culturais. Além disso, ele abriga um museu em homenagem ao poeta. Sobre a Academia A ACLASP, Academia de Ciências, Letras e Artes de São Paulo, foi fundada em 2015, com o objetivo de divulgar e promover a cultura em nosso país. A sua criação foi uma ideia que surgiu entre vários intelectuais e artistas e entre seus fundadores estão pessoas de mérito intelectual indiscutível e de projeção em seu meio de atuação. A primeira diretoria é composta por algumas pessoas notáveis e podemos citar entre elas, Roberto Ferrari – Presidente, Jamil Hassan- Vice Presidente, Zaine Assaf – Diretora de Relações Públicas e Edvaldo Rosa – Primeiro Secretário. O objetivo principal é resgatar a função da Academia na sociedade, que hoje se encontra maculada pela exploração financeira e para tanto nos dedicaremos ao apoio e promoção de saraus, antologias, vernissages ou qualquer outro tipo de evento cultural. Através de ações divulga a cultura para todas as classes da sociedade, ajudando a revelar talentos e apoiando movimentos culturais. A ACLASP já homenageou inúmeras pessoas de destaque na sociedade brasileira desde a sua fundação. Hoje além de pessoas de destaque procuramos homenagear instituições como a Guarda Civil Metropolitana que é responsável pela segurança da população, além de prestar inúmeros serviços a sociedade. A Academia abraça todos os movimentos contra qualquer tipo de discriminação e está ao lado de todos aqueles que lutam para tornar nosso país um lugar de destaque no mundo. A ACLASP apoia integralmente a luta contra a violência contra a mulher e espera que o empoderamento feminino se torne cada vez mais uma realidade. Participa de eventos beneficentes com o Hospital da Clínicas, Associação Nipo-Brasileira, promovemos arrecadação de mantimentos e roupas para pessoas que estão em vulnerabilidade. Tem o compromisso de preservar a memória do país e homenagear em vida a todos aqueles que contribuem para o desenvolvimento do país através de suas ações. Sobre o Presidente da Aclasp Roberto Augusto de Piratininga Ferrari – Pós-graduado em Analise de Sistemas Universidade Mackenzie – Pós- graduado em Administração de Empresas FGV – Curso de Fundações na Escola Politécnica da USP – Graduado em Engenharia Civil. Universidade Mackenzie. Participou de 120 Antologias Poéticas – Doutor Honoris Causa em Letras pela FAMET de Belo Horizonte, 2013- Medalha de Ouro no Concurso Literário Internacional na Sala São Paulo, 2014 – Prêmio Intercultural Latino Americano de Cultura, Rosário, 2013 – entre outros. Autor de 21 livros.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page