top of page
  • Foto do escritorFADESP Brasil

O Histórico Monumento Marco da Paz



Histórico do Monumento e do Troféu Marco da Paz A Associação Comercial de São Paulo e do Marco da Paz atravessam fronteiras pela união dos povos na construção da Cultura e da Paz no mundo. O Marco da Paz é um monumento idealizado por Gaetano Brancati Luigi, nascido na Itália durante a 2ª Guerra Mundial.

O símbolo do Marco da Paz, criado em forma de um arco com a pomba e o sino, marca presença nos cinco continentes. Com a 2ª Guerra Mundial, o mundo foi abalado pela dor e a destruição. Naquele tempo, a presença da fome e do sofrimento era geral em toda a Europa. Nesse período triste da história da humanidade, estima-se que o número de mortos (entre civis e militares) superou a casa dos 50 milhões, durante os seis anos de guerra. Em meio a esse terror, um menino que sobreviveu, resume em poucas palavras a emoção vivida nessa ocasião. Gaetano Brancati Luigi morava na cidade de Orsomarso, província de Consenza, na Itália. Naquele tempo, quando os meninos tinham a fortuna de sair de casa com uma fatia de pão e ir à praça, logo vinham os companheirinhos correndo pedir um pedaço, com a promessa de que, quando a mãe fizesse pão eles também compartilhariam. O principal sentimento desse menino era o medo de crescer, pois quando crescesse teria também que ir para a guerra. No ano de 1945, esse menino, já com oito anos escutou os sinos que ecoaram por toda a Europa, anunciando o fim da 2ª Guerra Mundial. Na mesma hora saiu correndo, e se juntou a milhares de vozes nas praças, gritando de alegria: PAZ, PAZ, PAZ! Naquele exato momento renascia no menino e na Humanidade a esperança de vida. Nesse dia histórico, nascia na mente do menino a ideia de criar algo que cativasse os povos e os levasse para o caminho da paz. Naquele tempo era um sonho unânime emigrar para a América. Em 1949, Gaetano, então de 12 anos, emigrou para a Argentina e, anos mais tarde, para o Brasil. O Monumento Marco da Paz, semente da vida! No ano de 1999, Luigi, percebendo a ausência do toque do sino da igreja do Pateo do Collegio, local onde a cidade de São Paulo nasceu, começou a dar forma ao seu sonho de menino, e deu os primeiros passos para a viabilizar a construção de um monumento que iria conquistar o mundo. Com o apoio da Associação Comercial de São Pau lo, foi colocado um novo sino na torre dessa igreja história, e, a partir desse momento, o sonho que o menino acalentou por mais de 55 anos começou a se transformar no que é hoje o Monumento Marco da Paz. Agora com apoio da Associação Comercial de São Paulo, foi criado o IMPAZ- Instituto Marco da Paz, e o Vice Presidente da Associação Comercial de São Paulo, da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo e Diretor da FADESP João Bico de Souza foi indicado para presidi-la. O objetivo do IMPAZ é realizar projetos de cultura de paz por todo o mundo sempre junto com seu idealizador. O Monumento do Marco da Paz já se encontra presente em várias cidades do nosso continente e a caminho de conquistar o mundo. No Brasil, já é visto em cinco cidades do estado de São Paulo: na cidade de São Paulo (no centro, junto ao Pateo do Collegio, na Lapa, no Tatuapé, no Parque da Juventude, Jaçanã e Assembléia Legislativa), em Socorro, em Santo Amaro em Aparecida do Norte, (junto à Basílica de Nossa Senhora Aparecida) e em Bertioga. No exterior, pode ser encontrado nos seguintes países: México, nas cidades de Hidalgo, Laguna-Oaxaca e Cidade do México; Argentina, em Mendoza; Uruguai, em Punta Del Leste e China, em Xiaolin, província de Nanjing, Assisi na Itália e em Orsomarso na Calabria. O projeto da construção de outros Marcos da Paz já está em andamento no estado de São Paulo, nas cidades de Ribeirão Preto e São Carlos, também na cidade do Rio de Janeiro (estado do Rio de Janeiro) e em Salvador (estado da Bahia). Há projetos de construção do Marco da Paz na Argentina, em Buenos Aires, na Itália nas cidades de Roma e Firenze (Toscana). Há projetos também de Israel/Palestina, em Jerusalém; na Suécia, em Genebra, na Espanha, em Barcelona; na Costa Rica, em São José; em Gana, na cidade de Accra; em Ereván, capital da Armênia, no Uruguai, em Montevidéu; em Portugal, na Guatemala e na Colômbia. Por intermédio do México, há projetos também para os Estados Unidos e Canadá. PROJETOS CONSTRUÍDOS: BRASIL: Pateo do Collegio, Lapa, Tatuapé, Santana, Jaçanã, Assembléia Legislativa, Aparecida, Bertioga, Ubatuba, Pirajuí, Araçoiaba da Serra, Itapetininga, Piracicaba, Socorro, Caraguatatuba, Sorocaba, Natal, Acari, Chapecó, Francisco Beltrão, Severiano de Almeida. MÉXICO: Hidalgo, Laguna- -Oaxaca, Cidade do México. ARGENTINA: Mendoza, Lincoln, Pehuajo. BOLÍVIA: Tarija. URUGUAI: Punta del Este. ITÁLIA: Assisi, Orsomarso. CHINA: Xiaolin. CHILE: Santiago. EM PROJETO, PORTUGAL: Fátima. COLÔMBIA: Medellin. MÉXICO: Cancun. PERÚ: Cusco. RÚSSIA: San Petersburgo

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page